19 de julho de 2015

[Resenha] Never Never # 1 Colleen Hoover e Tarryn Fisher

Never Never - vol. 1

Colleen Hoover e Tarryn Fisher 

ISBN: B00QR721MK
Ano: 2015 / Páginas: 140
Idioma: inglês 
Editora: Hoover Ink

Esse foi meu livro escolhido para a terceira semana da Maratona de Inverno  #MLI2015

Semana 3: YA Contemporâneo, Romance e/ou Drama.
• Comece e/ou termine uma série, trilogia ou duologia.

• Um livro com a capa azul.

Confira a resenha:


Da parceria entre as autoras norte-americana Colleen Hoover e Tarryn Fisher surge o surpreendente primeiro volume da trilogia, ainda sem tradução para o português, Never Never (2015, Editora Hoover Ink, 140p.). Segundo a própria Colleen Hoover – responsável pelas séries de sucesso “Métrica” e Hopeless – o livro começou como uma brincadeira entre as duas escritoras, porém, o resultado as agradou tanto que rendeu uma trilogia.

Silas Nash e Charlie Wynwood se veem em meio ao colégio com uma estranha amnésia. Não reconhecem ninguém, nem um ao outro e muito menos a si próprios, mesmo que não tenham problemas com informações de senso comum, escrever ou dirigir. O casal se une para desvendar suas vidas e as causas desse misterioso acontecimento.

Em meio a esta situação de crise, Charlie, mesmo sem memória, se mostra uma menina sarcástica e até mesmo um pouco amarga, enquanto Silas é um garoto bem-humorado. Não é à toa que os dois descobrem ter um relacionamento bem complicado.

Confesso que se algo no gênero ocorresse comigo, eu correria para o hospital mais próximo pensando estar passando por um surto psicótico ou, no mínimo, um derrame. Acredito que a reação dos jovens ao manter segredo durante uma circunstância tão bizarra seja uma alegoria a respeito da adolescência – fase em que é normal se fecharem entre seus pares e preferem experimentar o mundo em vez de recorrer a experiência dos adultos, principalmente daqueles que dependeram a vida toda.

E é exatamente uma rixa entre as famílias que os desmemoriados acreditam estar no meio. Saindo dos devaneios da infância em que os pais são perfeitos, a próxima etapa da vida normalmente traz aquela decepção ao descobrir que nossos ídolos são pessoas cheias de defeitos como todas as outras. Essa descoberta se torna muito mais intensa quando você nem ao menos se lembra de seus pais.

Contudo, não é apenas da análise sobre os parentes e amigos que o enredo se concentra, mas principalmente na autodescoberta. Intercalando capítulos entre o ponto de vista da Charlie e do Silas, acompanhamos os jovens em busca de informações sobre si mesmos, tendo uma perspectiva totalmente nova sobre suas próprias vidas, suas escolhas e erros. A maioria das pessoas precisam de anos de terapia para terem a oportunidade de se autoanalisarem do modo que faz o casal.

Contendo uma escrita fluida em miseras 140 páginas, Never Never tem uma leitura extremamente rápida e existe uma explicação no final do último capitulo para o livro ser tão curto – não direi mais nada a esse respeito para não deslizar para um spoiler.

Esse YA-lit – Literatura Young Adults – dependendo do enfoque que o leitor der maior relevância, pode ser classificado em diversos gêneros – romance, drama, suspense e até mesmo sobrenatural, se valendo da cidade de New Orleans, conhecida por ter uma cultura voltada a bruxaria e suas lendas.

O primeiro volume fica com um gosto de aperitivo, dependendo das duas continuações, que já estou ansiosa para ler, para fazer sentido. Porém, sendo praticamente uma fábula sobre a inconstância da adolescência e o poder de ser reinventar todos os dias, vale a espera para ver essa trilogia chegar ao Brasil.
Ótimo

Never Never na SUA ESTANTE


34 comentários:

  1. Oi, Willow! Tudo bem? Ótima resenha. O livro não faz o meu estilo, mas parece ser bom! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tony!
      Acredito que esse livro não se encaixa no estilo de ninguém hehe.
      Só terei certeza de que vale a leitura no final da trilogia.

      Abraço!

      Excluir
  2. Oi =)
    Eu não me conformo de ainda não ter lido nada da Colleen :/ todo mundo sempre diz maravilhas dos livros dela.
    Adorei a resenha.
    Milhoes de Beijos!

    Marina Lima.
    Meu Doce Apartamento | Literatura, Culinária, Caseirices & muito amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marina!
      Já li um monte de livros dessa autora...rsrsrs... espere mais resenhas por aqui.

      Bjs!

      Excluir
  3. Oiee
    Que resenha legall, curti muito a história ;pp
    Beijinhos Screepeer
    http://screepeer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ágatha!
      Aguarde mais resenhas! :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Willow!
    Taí um livro que quero muito ler!
    Adoreia resenha!
    Beijos
    Dri
    http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Willow!
    Bem bacana a sua resenha e a comparação com a adolescência.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Priscilla!
      Fico muito feliz que tenha gostado! :)

      Excluir
  6. Oi Willow!
    Nunca li nada da Colleen Hoover, mas tenho muita vontade porque vejo vários elogios aos livros dela.
    Interessante a analogia com as descobertas da adolescência.
    Pela sinopse não me parece o tipo de livro que pede por mais dois para contar sua história, mas depende dos desdobramentos que as autores deram, não é mesmo?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana!
      Concordo com você. O livro poderia ter sido um único volume com 3 partes.

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi Willow,
    Parece que essa Colleen Hoover dominou o mundo literário, hein?!? kkk
    Gostei da sua resenha, mas não sei se esse seria um livro pra mim. Na verdade nunca li nada dela, e não tenho muito interesse por enquanto.

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Plinio!
      Já li vários livros dessa autora e parece que nenhum é igual ao outro. Talvez aí esteja o segredo do sucesso dela.

      Excluir
  8. Como assim só 140 páginas? :o
    Eu gosto do que a Colleen escreve, pois são temas mais intensos e pelo visto Never Never não é diferente! A capa é linda por sinal!

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieeee
      Também gostei da capa, mas o tamanho do livro realmente foi frustrante.

      Excluir
  9. Eu peguei esse livro mas fiquei um pouco na dúvida quanto a ler ou não. O começo não me agradou muito, então acabei deixando de lado, mas adorei a sua resenha, e fiquei ainda mais curiosa com o final, o motivo de o livro ser curto. Acho que vou aproveitar pra descobrir agora mesmo haha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha de "Segredos de uma noite de verão" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol!
      O livro é tão curto que vale a pena arriscar a leitura.
      Espero que as autoras saibam finalizar bem essa trilogia.

      Excluir
  10. genteee estou lendo um livro de uma dessas autoras: Pausa da Colleen Hoover :)
    eu gostei da resenha, me interesse pela história mais de verdade fiquei contente em saber q é um livro curto. Isso me dá esperanças de um dia ler pq olha, minha pilha de livros por ler está enorme.
    um beeijo!
    Visite o Mais um Trecho ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem vou comentar sobre minha lista infinita de livros para ler...rsrsrs.
      Essa série que faz parte Pausa foi a única que ainda não li. Espero que esteja gostando.
      Beijo!

      Excluir
  11. Adolescente são sempre adolescentes, em qualquer lugar do mundo! Eu também interpreto o fato deles terem reagido escondendo, o invés de procurarem ajuda médica como você sugeriu, como a desconfiança que eles tem nos adultos, afinal essa é uma fase de rebeldia e medo, na qual estamos sempre buscando fazer experiências e descobertas sozinhos e achamos que podemos tudo.

    Abraços,
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/07/os-ratos-somos-todos-ratos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Alessandro!
      Foi a única conclusão que cheguei.

      Abraços!

      Excluir
  12. Oi Como vai?
    O livro faz muito meu tipo d leitura e eu gostei bastante da sua resenha parabens
    Abraços!!!

    www.pedrosanttos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pedro!
      O livro é tão curtinho que vale a pena conferir.

      Abraços!

      Excluir
  13. Oi Willow!
    Quero muito ler esse livro, só não gosto de começar uma trilogia e ter que esperar para ler o resto.
    Então vou esperar um pouco, mas já está na minha lista. Ótima resenha.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alessandra!
      É realmente frustante ter que esperar a conclusão.

      Beijos!

      Excluir
  14. Não conhecia essa trilogia, parece ser bem interessante.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bianca!
      Vale a pena conferir esse livro :)

      Beijos!

      Excluir
  15. Oláá!
    Eu não conhecia esse livro, a história me parece interessante.
    Fiquei pensando se os fatos demoram para se desenvolverem.
    Beijos!
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão, o enredo não é completo nesse primeiro livro e espero que nos próximos a trama evolua mais rapidamente.

      Beijos!

      Excluir
  16. vou tentar ler o mais rapido possível! ;)
    http://s2pravida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para ler o segundo livro e contar o que achei :)

      Excluir
  17. vou tentar ler o mais rapido possível! ;)
    http://s2pravida.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...