10 de janeiro de 2016

[Resenha] Horror em Gotas - Karen Alvares


Alguns podem dizer que o início do ano não combina com histórias de horror, porém, seguindo a inspiração de uma amiga que todos os anos dedica essa época para a leitura desse gênero, contrabalançando toda a doçura dos filmes e cantigas natalinas que invadem o nosso dia-a-dia por mais de um mês, decidi adotar a mesma tradição.
Horror em Gotas
Karen Alvares
Ano: 2013 
Páginas: 112
Editora: Amazon

  Nada melhor que iniciar uma tradição e o ano com Horror em Gotas (2013), coletânea de contos da escritora nacional Karen Alvares. O e-book pode ser adquirido pela livraria digital Amazon – ascese por esse link.
  A proposta da autora já fica clara na capa, com uma apresentação bem-humorada em formato de posologia: um mês inteiro de pequenas doses de horror, divididos em 30 contos. Confesso que em várias noites excedi a dosagem recomendada pelo simples fato de que, contendo textos curtos, somados a escrita habilidosa de Karen, não conseguia parar de lê-lo.



Apesar de muito confundido e as vezes até generalizado, horror e terror não são exatamente sinônimos. Enquanto o terror provoca medo, susto e expectativa ou ansiedade de que algo horrível aconteça, o gênero horror suscita um sentimento de repulsa, intuição ou lembrança de uma experiência desagradável, ameaçadora, repugnante ou apavorante. Karen evidencia em seus contos que o horror não está em sangue e monstros, mas no cotidiano de qualquer pessoa.
  O exemplo nítido desse fato talvez esteja no conto “Invisível” em que uma mãe recebe no meio da madrugada o telefonema que mais teme. A possibilidade plausível que isso ocorra transporta o leitor, através da empatia, para o grau de desespero que o personagem se encontra.
  Quem nunca experimentou a sensação de que a felicidade nunca é completa porque é momentânea e pode acabar sem qualquer aviso como mostrado também em “Monstro”? O receio de perder tudo provavelmente está no cerne dos medos mais sombrios do ser humano e justifica a necessidade que temos de controle.



A tentativa de controlar o incontrolável é uma as melhores descrições do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) – transtorno mental que atormenta milhares de pessoas no mundo. Essas manias ou obsessões sem sentido para terceiros, e muitas vezes até para o próprio afetado, servem para minimizar um incômodo inexplicável e o isolamento e desespero que provocam são levados ao extremo pela autora em “Azul”, primeiro conto do livro, e também mais adiante no conto “Doze”, em que a necessidade de encontrar lógica no meio do caos assemelha-se ao filme "23" dirigido por Joel Schumacher e estrelado por Jim Carrey em 2007.
  Todavia, o alvo da escritora Karen Alvares não são apenas as doenças mentais que espreitam inadvertidamente: o inconsciente acessado através dos sonhos já fascinava Freud, o criador da psicanálise, há mais de um século atrás e dá o mote a “Game Over”, um dos mais inusitados contos do livro, em que a autora se vale de uma alegoria típica dos tempos modernos para discorrer sobre questões imutáveis ligadas a dinâmica de um relacionamento de um casal que, além do controle, lida também com a transferência de responsabilidade sobre os problemas.
  Ao discorrer magistralmente sobre as consequências da atribuição de responsabilidade, o escritor francês Alexandre Dumas recorreu a mais de 1300 páginas em sua obra-prima “O Conde de Monte Cristo”. Portanto, fiquei impressionada que Karen tenha conseguido em poucos parágrafos do conto “Na Estrada da Vida” o mesmo clima que Dumas empregou ao dilema da vingança: em que o vingador se tornar o monstro que odeia em sua busca por retaliação.


  Agora, surpresa mesmo a autora reservou para “O Sorriso”, o último conto de Horror em Gotas. Não imaginava que horror poderia provocar tanta tristeza e o fato é que encerrei a leitura debulhada em lágrimas provocadas pela história do menino que não podia parar de sorrir – tinha que ter um gato no enredo? Meu maior pesadelo!
  Minhas mais importantes referências que englobam o gênero horror são os antigos seriados de tv Além da Imaginação (The Twilight Zone, 1985) e Arquivo X (X-Files, 1993). Foi inevitável não pensar neles com uma pontinha de nostalgia durante a leitura, pois, qualquer um dos 30 contos de Karen Alvares daria um ótimo episódio.
  Nomeei apenas uma pequena parte dos excelentes contos que figuram no livro e – entre casamentos complicados, gravidez ainda mais complicada, experimentos científicos a lá Josef Mengele, ditaduras não menos desprezível, cantigas infantis tão macabras quanto os contos de fadas originais – definitivamente não me importei em me exceder na dosagem ao devorar Horror em Gotas. Não existe maneira melhor de começar um novo ano.

  Ainda em tempo: no final de Horror em Gotas, Karen Alvares presenteia o leitor com o primeiro capítulo de seu romance Alameda dos Pesadelos. A degustação aguçou minha curiosidade sobre como irá ser o desenrolar da trama que acompanha a protagonista Vivian.

Adquira Horror em Gotas pela livraria virtual Amazon.


Curta nossa página XD
Estamos no Google+




28 comentários:

  1. Oi Tatiana!
    Sempre vejo blogs comentando sobre este livro e fico com vontade de ler, por adorar horror e contos. Adorei sua resenha, parece ser bem impactante mesmo. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Participe do sorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniela!
      Vale a pena essa leitura. Acertei na escolha do primeiro livro do ano :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Tati!
    Gente, eu necessito desse livro. Eu estou numa onda de ler contos de terror e amando!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      Estou na mesma situação! Viciei em contos! :)
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Tati! Tudo bem? Não gostei da capa do livro, mas a premissa é bem interessante. Eu gosto muito de contos então acho que provavelmente iria gostar do livro. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony!
      Gostei da capa parecer uma caixa de remédio. Tenho certeza que você gostaria do livro.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Tati, tudo bem?
    Eu tenho curtido muito ler livros de contos de terror (ou horror, como entendi lendo a resenha).
    Parece um livro promissor e eu fiquei muito curiosa com essa leitura. Dica anotada. ;)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priih, tudo joia?
      Que bom que você curtiu a dica de leitura. Livros interessantes merecem ser divulgados.
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, Tati! Tudo bom?
    Não conhecia este livro, mas adorei a premissa, gosto de contos e terror, então tudo junto fica uma maravilha, não é verdade? HUAHUAHAU, bom, eu não gostei tanto da capa dele, mas nunca julgar a capa sem antes conhecer, e tipo, eu adorei demais o enredo, aparenta ser um livro fantástico! Pretendo ler brevemente, e a sua resenha ficou magnífica, amei! :)
    Carpe diem,
    http://www.entreutopias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan! Tudo joia?
      Muito obrigada... fico feliz que tenha curtido minha resenha. :)
      Recomendo a leitura... você vai gostar.
      Beijos!

      Excluir
  6. Tati, eu nem o que dizer depois de ler essa resenha! UAU! Acho que poucas vezes na vida eu tive minha obra analisada com tamanho embasamento crítico literário. OBRIGADA, SUA LINDA! <3
    Foi emocionante ler essa resenha. Vou divulgar pra já! Fico muito feliz que tenha curtido.
    Ah, e eu posso usar as imagens maravilhosas em divulgações citando o blog? <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karen!
      É claro que pode usar tudo aqui do blog!:)
      Só tenho que agradecer por seus elogios que me incentivam imensamente.
      Obrigada pela leitura maravilhosa, seu talento é imensurável. Já sou sua fã!
      Beijos!

      Excluir
  7. Nossa depois dessa resenha como não querer ler este livro, mesmo que ele não faça meu genero fiquei super curiosa para ler amei seu blog e estou seguindo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina!
      Muito obrigada por seguir e pelo elogio:)
      Fico muito feliz de poder incentivar a leitura desse livro.
      Seguindo o seu blog também!
      Beijos!

      Excluir
  8. Olá, Tatiana! É um prazer conhecer e seguir seu blog!
    Abraço,
    Diana Scarpine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Diana!
      Irei visitar o seu blog também!
      Beijos!

      Excluir
  9. Adoro terror \o/ mas não sou super fã de contos, mas que deu vontade de ler esse deu! Nacional?
    Vamos nos ajudar - http://goo.gl/0rcfbw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bianca!
      Sim! Nacional de muita qualidade!
      Eu só comecei ler contos no último ano e descobri que são uma excelente leitura.
      Beijos!

      Excluir
  10. Oie,
    não conhecia o livro, mas confesso que não é meu estilo de leitura.

    bjo
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa!
      Quando quiser uma leitura diferente, lembre-se desse livro.
      Beijos!

      Excluir
  11. Eu gosto de histórias assim e não tenho isso de ler no meio do ano não hahaha
    Uma boa história de horror é boa a qualquer hora
    Mega beijo
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sara!
      Concordo com você: horror é sempre uma das minhas primeiras opções de leitura :)
      Beijos!

      Excluir
  12. Ótima a sua resenha e parece ser uma história legal!
    Seguindo!
    Beijos.
    http://virandoamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Isadora!
      Seguindo seu blog também.
      Beijos!

      Excluir
  13. Oie
    Adoro contos e de horror, melhor ainda!! O livro parece ótimo, vou agora mesmo ver na Amazon.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa!
      Vai sim! Você adorará o livro.
      Beijos!

      Excluir
  14. Legal você citar essa distinção! Certeza que 90% dos leitores já iam falar que não iam ler por ser terror kkkk ou adoro os dois gêneros, então fiquei mega curiosa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Lado Feio do Amor", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Você irá curtir esse livro.
      Eu gosto dos dois gêneros, mas ainda prefiro horror ... Tenho uma queda por horrores psicológicos.
      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...