24 de outubro de 2015

[Resenha] Uma Razão Para Respirar - Rebecca Donovan


Imagina minha felicidade ao descobrir que a trilogia Breathing da autora Rebecca Donovan havia sido lançado no Brasil. Conheci o trabalho da escritora americana quando ela ainda batalhava para publicar seu livro – É isso mesmo! Não é apenas os autores brasileiros que sofrem para entrar no mercado editorial – Lançando seus livros como independente até a qualidade de sua obra ser reconhecida, Rebecca Donovan angariou uma legião de fãs pela internet, incluindo essa que vos escreve essa resenha.






Uma Razão Para Respirar-Trilogia Breathing - Livro 01

Reason to Breathe (Breathing #1)
Rebecca Donovan


Páginas: 496
Editora: Pandorga
Ano: 2014/ primeira publicação: 2011 

Qualidade é o que não falta em Uma Razão para Respirar (Rebecca Donovan, Reason to Breathe, 2014, Editora: Pandorga, 496 p.), primeiro livro da trilogia Breathing, alçando a autora ao patamar de best-seller americana.

A capa da edição brasileira, apesar de muito bonita, dá a impressão errônea de que o livro se trata de um daqueles títulos Hot ou New Adult superficiais. Porém, está longe disso! Obviamente, sendo uma YA-lit – Young Adult –contém um importante romance. Contudo, ao meu ver, esse livro tem como foco principal a resiliência – conceito psicológico que descreve a capacidade que alguns indivíduos tem de superar adversidades da vida, permanecendo mentalmente saudáveis, transformando experiências negativas em aprendizado e oportunidade de crescimento.

O livro acompanha Emma Thomas, uma garota que tem tudo para ser a mais popular do colégio em que estuda numa cidadezinha de Connecticut, nos Estados Unidos: bonita, melhor aluna da sua turma, esportista de talento. Contudo, Emma se recusa a socializar, não frequenta festas e mantém seu contato com as pessoas no mínimo possível, diferentemente de sua única amiga Sara – essa sim sabe aproveitar sua popularidade ao máximo. Enquanto todos do colégio já estão acostumados a maneira arredia de Emma e a deixam em paz, atribuindo o seu comportamento ou a timidez ou a arrogância, o novo aluno Evan Mathews fica intrigado com o retraído temperamento da jovem. Estrategicamente ignorando o mau humor de Emma e se fazendo presente em todos os momentos, Evan conquista rapidamente a amizade e o coração de Emma, porém essa proximidade coloca em risco o segredo que a garota se esforça tanto para manter oculto.

Provavelmente se valendo de sua formação como psicóloga, a autora consegue imprimir nas páginas de seu livro uma profundidade em seus personagens pouco visto ultimamente. A verossimilhança de como enfrentam as adversidades que são expostos é tão bem escrito que tornam a leitura intensa – quem já teve uma crise de ansiedade em lugares lotados certamente se identificará com uma das cenas do começo do livro.

O romance entre Emma e Evan é o catalizador de mudanças, porém, o amor, exceto nos contos de fadas, não resolve todos os problemas, perdas e bagagem emocional. O amor fraternal de Sara, ao meu ver, é tão importante na vida de Emma quanto Evan. Porém, o apoio dos dois será suficiente para salvar Emma da culpa e da vergonha de revelar seu segredo para poder finalmente se proteger?

Abordando a violência doméstica, esse primeiro livro tem um final arrebatador que fará o leitor, para continuar acompanhando a saga de Emma, correr direto para “Quase sem Respirar(Rebecca Donovan, Barely Breathing, 2014, Editora: Pandorga, 560 p.), segundo volume da trilogia, finalizado com o terceiro livro “Eu Escolhi Respirar(Rebecca Donovan, Out of Breath, 2014, Editora: Pandorga, 424 p.).


Estamos no Google+

18 comentários:

  1. Oii Tati

    Essa é uma trilogia com uma história bem forte, sem duvida. Me lembra UM Caso Perdido da Collen Hoover e tambem Bully da Penelope Douglas, embora a temática não necessariamente sejam as mesmas.
    Gosto dessas histórias de protagonistas fortes e amei saber a história da propria autora. A gente pensa geralmente que lá nos EUA é bemmm mais facil de lançar um livro e na verdade nem é bem assim, e a luta por um lugar ao sol é em todo o lugar, muito interessante vc contar a luta dela em lançar os livros, incentiva a gente mais ainda a ler e conferir.

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      É bem interessante saber que todos os autores que curtimos, em algum momento, já tiveram muitas portas fechadas até conseguir uma oportunidade.
      Sou super fã da Collen Hoover e Um Caso Perdido tem realmente o mesmo clima de Uma Razão para Respirar... ótima comparação.
      Não conhecia Bully, mas vou ler com certeza! Obrigada pela dica! ;)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi,
    Ainda não conhecia essa trilogia, mas fiquei bastante curiosa! Puxa essa capa realmente dá a impressão que o livro é hot!
    Ahhhh da uma passadinha lá no blog respondi a tag :D
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Iris! Muito obrigada!
      Vou visitar com certeza!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Tatiana!
    Realmente eu imaginei que era um livro hot quando vi essa capa... Por isso nem tinha me interessado pela trilogia, que bom que você esclareceu isso. Agora fiquei com vontade de ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora!
      Por essa razão que mencionei o problema com a capa: muita gente que não curte livros Hot acabam passando longe desse, o que é uma pena.
      Leia sem medo...rsrs.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Tatiana!
    Que resenha ótima, fiquei morrendo de curiosade rs
    Entrou para minha lista rs :D
    Beijoss
    www.bylecca.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia!
      Fico muito feliz, é um ótimo livro!
      Boa leitura!
      Beijos!

      Excluir
  5. Não conhecia o livro, no primeiro olhar eu gostei mais da capa brasileira, mas depois de ler sua resenha e entender melhor sobre a série, por ter essa temática forte, acho que capa original combina mais. Gostei muito da sua resenha, fiquei curiosa para conhecer essa história.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Claris!
      Eu também acho a capa brasileira mais bonita, porém, engana quem não conhece o enredo a fundo e afugenta quem não curte literatura Hot.
      Beijos!

      Excluir
  6. Bem legal a premissa dos livros, é de prender a respiração.
    Post it & Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo Evelyn: de prender a respiração mesmo.
      Vale a leitura!
      Beijos!

      Excluir
  7. Fiquei interessada pelo livro, e sinceramente achei a capa brasileira mais bonita do que a original! hahahahaha
    Na verdade, eu gosto muito dos trabalhos que algumas editoras fazem por aqui! :)

    http://seismilmilhas.com/
    http://facebook.com/seismilmilhas
    https://www.youtube.com/channel/UCLKtA9LH9M_QUnnt70AOfvg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sarah!
      As edições brasileiras são muito mais caprichadas mesmo. Também acho a capa daqui de Uma Razão para Respirar mais bonita ... o meu único problema com ela é que parece ser de um livro de literatura Hot, o que afugenta quem não curte esse gênero e decepciona quem estava buscando esse tipo de livro.
      Beijos!

      Excluir
  8. As capas já são lindas. Com certeza as histórias devem se muito legais. Gostei da sua história com a autora, de conhecer ela antes até de chegar no Brasil :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monique!
      Foi uma experiência interessante conhecer a autora antes da fama... rsrs... e fiquei muito feliz desse livro de qualidade ter sido traduzido para o português.
      Beijos!

      Excluir
  9. Fiquei MUUUITO curiosa pra ler essa trilogia, e já estou procurando mais por elas, socorro! Já quero ♥

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar, Daniela! Tenho certeza! ;)
      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...